8 de abril de 2010

1

Caciquismo Bacoco

políticos , caciquismo
Que os políticos geralmente são vaidosos não é segredo para ninguém. Basta vê-los em inaugurações a descerrarem placas que perpetuam os seus nomes, quais benfeitores à custa do “pobre” contribuinte. Pois é, com o dinheiro dos outros até o Pato Donald é capaz de fazer obra.

O que é triste e lamentável é certos políticos autarcas, ainda em pleno exercício das suas funções, atribuírem o seu nome a um Estádio, Rua ou Avenida. Mesmo que justifiquem que a (triste) ideia não partiu dos próprios mas sim sob proposta de uma qualquer Assembleia Municipal, podem (e devem) sempre vetar tal iniciativa, quanto mais não seja por razões éticas. Estas situações constituem o expoente máximo de um caciquismo bacoco que só tem paralelo nas chamadas “repúblicas das bananas”. Infelizmente são já conhecidos alguns exemplos dessa prática. Chegou-me ao conhecimento que há um concelho em que o autarca não se ficou por dar o seu nome a uma “simples” Travessa. Adicionou-lhe também um Parque Urbano e uma Avenida. O curioso é que essa Avenida parece espelhar bem o que aparenta ter sido a gestão desse autarca nos últimos anos: edifícios de grande volumetria inacabados e ao abandono, passeios degradados, jardins mal cuidados, etc.

1 comentário:

  1. na covilhã até há cagatórios com o nome do ayatola

    ResponderEliminar

▲ Topo